segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Clima para Bananeira

clima-brasil

CLIMA

A banana, originária de clima tropical úmido, exige temperaturas que não estejam abaixo de 10 ºC e que não se elevem acima de 40ºC. Os melhores limites térmicos para o bom desenvolvimento desta cultura está entre 20 e 24ºC, podendo-se desenvolver satisfatoriamente em locais cujos limites de temperatura sejam 15 e 35ºC. As melhores condições para uma boa produção se encontram em regiões com temperaturas elevadas o ano todo e cujas médias mensais estejam entre 24 e 29ºC.
As baixas temperaturas podem ocasionar a "queima" da planta, ou dos frutos em crescimento ("chilling" ou "friagem", impedindo que o fruto atinja o seu máximo crescimento, tornando-o pequeno e de maturação incompleta), devendo-se pois evitar locais sujeitos a geadas e ventos frios.
Para o desenvolvimento da cultura de banana, as precipitações pluviométricas devem estar acima de 1200 mm/ano e bem distribuídas (100-180 mm/mês) para não haver períodos de déficit hídrico, principalmente quando a formação da inflorescência ou no início da frutificação.
Nota-se que sobre as condições ideais de clima para a banana, o desenvolvimento de doenças fúngicas, como por exemplo "Mal-de-Sigatoka", se vê favorecido, devendo-se também levar em conta este aspecto na escolha do local de instalação de um bananal.
Com relação a altitude e latitude, estas quando maiores, aumentam os ciclos de produção, principalmente para os cultivares Nanica e Nanicão.
Também a luminosidade é importante para o desenvolvimento da bananeira, sendo desejável que receba entre 1000-2000 horas de luz/ano, pois a luminosidade afeta o ciclo, o tamanho do cacho e a qualidade e conservação dos frutos.
Quanto ao vento, este pode causar o fendilhamento de folhas ou até o rompimento do sistema radicular, alongamento do ciclo e tombamento de plantas. Assim, para minimizar seu efeito, torna-se importante a implantação de quebra-ventos no bananal, associando o plantio de cultivares de porte mais baixo.
Isto posto, esclarecemos que, em condições de clima favorável, a bananeira apresenta hábito de crescimento contínuo e rápido, condição esta indispensável para a obtenção de cachos de alto valor comercial, enquanto que em condições adversas de clima (baixas temperaturas e déficit hídrico) a planta pode passar por um período de paralisação de desenvolvimento.




Exigências climáticas

A bananeira, planta tipicamente tropical, exige calor constante, precipitações bem distribuídas e elevada umidade para o seu bom desenvolvimento e produção.


Temperatura
A faixa de temperatura ótima para o desenvolvimento das bananeiras comerciais é de 26-28oC, com mínimas não inferiores a 15oC e máximas não superiores a 35oC. Abaixo de 15oC a atividade da planta é paralisada e, acima de 35oC, o desenvolvimento é inibido, principalmente devido à desidratação dos tecidos, especialmente das folhas. No Polo Petrolina – Juazeiro a temperatura média é de 26,3oC, estando, portanto dentro das faixas adequadas à cultura.

Precipitação

O regime pluviometrico da região do Polo Petrolina - Juazeiro apresenta um total anual médio de chuvas de 608 mm, concentrado no período de janeiro-março, insuficiente para atender às necessidades da bananeira que requer, pelo menos 1200 mm anuais ou em média 150 mm por mês.

Luminosidade

O efeito da luminosidade sobre o ciclo vegetativo da bananeira é bastante evidente. O fotoperíodo parece não influir no seu crescimento e frutificação.

Vento

O vento é um fator climático importante, podendo causar desde pequenos danos, até a destruição do bananal. Ventos inferiores a 30 km/h, normalmente, não prejudicam a planta, ou seja, não é limitante para o cultivo de banana. Na região do Polo Petrolina – Juazeiro o vento tem sido um dos fatores limitantes para a bananeira, principalmente cultivares de porte alto.

Umidade relativa

A umidade relativa média da região é inferior às médias anuais mais adequadas para a bananeira que apresenta melhor desenvolvimento em locais com médias anuais de umidade relativa superiores a 80%.

Altitude

A região do Polo Petrolina-Juazeiro apresenta-se numa altitude de 370 m, satisfatória para o cultivo da bananeira, que deve ser cultivada em altitudes que variam de 0 a 1.000 m acima do nível do mar. o acréscimo de 100 m de acréscimo na altitude implica em um aumento de 30 a 45 dias no ciclo de produção da bananeira.