terça-feira, 22 de setembro de 2015

Saborosa e com potencial de mercado, Atemóia


A atemóia é um fruto híbrido, derivado da ata – pinha ou fruta-do-conde – e da cherimóia, originária dos Andes. Ainda pouco cultivada e conhecida no Brasil, a fruta tem um grande mercado a conquistar. Há cinco anos, um projeto de pesquisa realizado pela Estação Experimental da Agenciarural de Anápolis tenta mostrar que a produção da atemóia é viável em Goiás e, até agora, tem obtido sucesso.
Toshio Ogata, engenheiro agrônomo e pesquisador responsável pelo projeto de introdução da atemóia em Goiás, conta que após a terceira colheita realizada no campo experimental já dá para perceber que a viabilidade da fruta no Estado é grande. Segundo ele, a produção tem aumentado anualmente e deve melhorar ainda mais. “Em três anos, as plantas devem atingir a plena carga”, diz. O estudo analisa também diferentes manejos de poda dessa variedade, associados à nutrição mineral e irrigação, visando maior produtividade e qualidade do fruto.
A plantação da atemóia está restrita a alguns países tropicais e subtropicais por adaptar-se melhor às condições intermediárias entre a cherimóia (clima subtropical) e a ata (clima tropical). Por isso, explica Toshio, no Brasil ela deve ser cultivada em regiões localizadas a mais de 800 metros de altitude. A estação experimental da Agência Rural em Anápolis fica a 1080 metros acima do nível do mar.
Além da altitude da área de cultivo, para a cultura dar certo o solo não pode ser encharcado nem pedregoso. Atualmente, São Paulo produz a maior parte da atemóia brasileira, cerca de 40%. Minas Gerais vem em seguida.
Em Goiás, a colheita da atemóia se inicia no final de março e segue até meados de abril. Toshio explica que o principal problema de manejo encontrado na cultura é o ataque da broca no tronco e fruto. “É preciso fazer pulverização ou, então, quem não quiser fazer controle químico, tem de ensacar os frutos”, conta.
A atemóia lembra um pouco a ata, mas segundo Toshio, a fruta tem mais características da cherimóia. Entre elas, uma polpa mais macia e de sabor bastante adocicado. Além disso, a atemóia herdou a boa produtividade da fruta andina. “A cherimóia é reconhecida internacionalmente pelo seu sabor, é uma das frutas mais saborosas que existe”.
Segundo Toshio, a atemóia é uma fruta apreciada na Europa e nos Estados Unidos e tem bom potencial de mercado, inclusive para exportação. “A nossa colheita aqui pega a entressafra no Hemisfério Norte”, acrescenta.
Estudo Prévio O pesquisador lembra que os produtores interessados em investir na variedade devem primeiro estudar bem a cultura, as características climáticas do local de plantio, de solo e se preparar para evitar problemas com a broca. “A polinização, por exemplo, tem de ser perfeita, caso contrário o fruto pode apresentar má formação e perder mercado”, diz. Para o início do plantio, Toshio afirma que os interessados têm de encomendar mudas de outros Estados.
No Brasil, a atemóia chega a ser vendida a cerca de cinco reais o quilo e cada fruto chega a pesar 600 gramas. O gerente da divisão técnica da Ceasa em Goiás, Josué Lopes Siqueira, afirma que atualmente o mercado em Goiás da atemóia é pequeno, por ser uma fruta pouco conhecida pelo consumidor.
Josué diz qué é preciso uma campanha de apresentação da atemóia, algo que desperte o interesse por ela. “Pode ser pelo sabor ou então por alguma característica benéfica para a saúde, como a acerola que contém muita vitamina C”. Segundo ele, toda a atemóia vendida na Ceasa em Goiânia é oriunda de São Paulo.





5 comentários:

  1. Nice pages!
    we like your blogging style and we want to sponsor your blog.
    If you want us to link your blog in our site,
    put us in your blogroll and

    1.send us your site/blog address;
    2.send us a representative image of your blog (if you have one);
    3.send us a brief description of your site.

    we would be honored to sponsor your blog!



    ilinkyoursite staff
    "I link your site"

    ResponderExcluir
  2. receber comentarios auspiciosos sobre este trabalho,ainda na sua fase inicial, é estremamente gratificante, e ainda vindo de nossos irmãos do norte(USA)
    THANK YOU MY FRIEND.

    ResponderExcluir
  3. Belo trabalho, fico feliz pelo que vejo no seu blog.
    aprenderei muito com ele.

    ResponderExcluir
  4. bom dia adriana,é apenas mais um trabalho, de amigos e eu, tentando preencher uma lacuna na internet.
    obrigado pelo incentivo.
    alunos da ufv.-viçosa

    ResponderExcluir
  5. sou de nova america da colina pr, tenho mil pes de atemoia mais poraqui o mercado desta deliçia ainda nao ten muito valor; queria saber de ums bom mercados pra vender amercadoria .. obrigado

    ResponderExcluir